Arquivo da tag: natação

Etiene Medeiros é prata em etapa do Mundial de Natação em Tóquio


A nadadora Etiene Medeiros levou nesta terça-feira (14) a medalha de prata na prova de 50m costas na etapa de Tóquio da Copa do Mundo de Natação. Com tempo de 26s34, a atleta adiciona mais uma medalha a sua extensa bagagem de conquistas no esporte, que conta com vitórias por Budapeste nos 25 metros na piscina longa, além de Hong Kong e Catar na prova de 50 metros costas.

Além de Etiene, a equipe brasileira contou com outros nomes de destaque na etapa de Tóquio, como Raphael Rodrigues, Daynara de Paula, Clarissa Rodrigues, Nelson Junior e Matheus Gonche em diferentes modalidades. Segundo Etiene, sua maior preocupação era manter sua imagem construída nas competições europeias durante sua última prova, a qual exigia um nível mais alto de seu condicionamento.

Fonte: site da Confederação Brasileira de Desportes Aquáticos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático

Brasileiros ganham ouro e bronze na Austrália


Os nadadores Nicholas Santos e Felipe Lima saíram do Torneio Internacional de Natação, em Perth, na Austrália, com duas medalhas para o Brasil. Nicholas foi ouro nos 50m borboleta, com a marca de 23s61, superando o atual campeão olímpico, o sul-africano Chad Le Clos. Na categoria 100m peito, Felipe conquistou a medalha de bronze, repetindo o resultado do Mundial de Barcelona, no ano passado.

Veja a performance dos brasileiros.

Deixe um comentário

Arquivado em piscina

Nadando no gelo


Nem o frio de 25ºC negativos foi suficiente para impedir que mais de 700 nadadores caíssem na piscina em uma competição anual na China. A técnica de natação utilizada não importa, vence o nadador que atravessar mais rápido os 25 metros da piscina.

E você, teria coragem de enfrentar o frio para nadar?

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Michael Phelps participa de testes de doping e indica que pode voltar a competir


 Na última semana a Agência Antidoping dos Estados Unidos divulgou que o nadador americano, Michael Phelps havia participado de alguns exames para controle de substâncias proibidas para os atletas. A informação é um indício de que Phelps pode voltar a competir em 2014, e, consequentemente, participar dos jogos olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

O americano é conhecido como o melhor nadador de todos os tempos, ao menos, na quantidade de medalhas olímpicas conquistadas, é o recordista, com 18 ouros.

Imagem (Foto: Divulgação/The Guardian) 

 

Michael Phelps já foi questionado algumas vezes se tinha chances de voltar a competir em 2016. No Mundial de Barcelona, em agosto, foi evasivo em sua resposta, mas também não descartou a possibilidade.

– Não sei. Estamos em 2013. Não há nada em curso neste momento. Meu agente perguntou onde quero estar daqui a 1, 5, 10 anos. Mas ainda tenho de tentar colocar isso no papel.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Cielo diz que “jeitinho brasileiro” fará jogos olímpicos funcionarem


O maior nome da natação brasileira, Cesar Cielo, vêm se notabilizando também pelo seu tom crítico às principais organizações do esporte brasileiro. Em visita ao Rio de Janeiro, cidade sede dos jogos de 2016, Cielo disse em entrevista ao portal G1, ter ficado assustado com as condições em que as obras de alguns importantes locais da cidade se encontram.

“Acho que assusta a todo mundo, não só a mim. Mas, no final das contas, vamos precisar dar um jeito. Espero que o jeitinho brasileiro funcione bem e que as Olimpíadas sejam um bom evento para o Brasil. (…) Eu fui para o Rio apenas por conta de alguns eventos de patrocinadores. Visualmente, eu posso dar uma opinião. Eu realmente não sei falar mais a fundo, estou como qualquer cidadão brasileiro. Espero que tudo fique pronto a tempo, que sejam Olimpíadas bonitas. Nós vemos muita coisa em construção, não sei quanto tempo demora. Eu, como cidadão, torço para que sejam Olimpíadas bonitas.”

Imagem(Foto: João Gabriel Rodrigues/G1)

Cielo é enfático ao criticar, também, as condições específicas da natação brasileira.

” Eu acho que, para a natação em geral, estamos defasados em termos de piscina. Hoje, temos alguns lugares para treinamentos que são muito bons. Piscinas rápidas, de competição, perdemos o Maria Lenk, quase perdemos o Júlio Delamare. Basicamente, temos apenas uma piscina de competição. Precisamos de mais piscinas espalhadas pelo Brasil, com a tecnologia nova, que já é possível ter. Claro, uma ou outra coisa também pode melhorar, mas é difícil falar. Mas acho que temos muito a melhorar, sim.”

Confira o vídeo da entrevista realizada pelo G1.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Brasil conquista medalha de ouro em nova etapa do Mundial de natação


 O desempenho da seleção brasileira de natação vêm melhorando a cada etapa do mundial disputada. Após conquistar três medalhas de bronze na terça-feira, os brasileiros tiveram um desempenho ainda melhor no último dia da etapa de Cingapura da Copa do Mundo de Natação em piscina curta (25 metros). A equipe do revezamento misto, que já havia conquistado medalha de bronze e prata, respectivamente, nas últimas duas etapas do mundial, levou o ouro na prova da última quarta-feira.

 Nicholas dos Santos, Fernando Silva, Larissa Oliveira e Graciele Hermann lideraram desde o início e completaram o revezamento 4×50 metros livre em 1min31s20. O pódio foi completado pelas duas equipes da Austrália, com os tempos de 1m32s75 e 1min34s78, respectivamente.

 

Imagem(Foto: Divulgação)

Outras Medalhas

Na mesma prova em que conquistou bronze no Mundial de Barcelona, os 100m peito, Felipe Lima levou uma medalha da mesma cor em Cingapura. O nadador de Cuiabá, que já havia ficado em terceiro nos 50m peito na terça, completou o pódio, com o tempo de 58s29. O ouro ficou com o húngaro Daniel Gyurta, que fez 57s31. A prata foi para o russo Vladimir Morozov (57s67).

 

Imagem(Foto: Divulgação)

Guilherme Guido esteve no mesmo lugar no pódio que Felipe Lima, na final dos 50m costas. O recordista sul-americano da prova terminou em terceiro lugar, com o tempo de 23s53. O americano Eugene Godsoe fez 23s12 e levou o ouro. O australiano Robert Hurley ficou com a prata (23S26).

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

O Homem-golfinho


Você já viu alguém completar uma prova de natação inteira embaixo d’água? Essa foi a proeza realizada pelo nadador americano Hill Taylor.

Durante uma competição amadora de natação, Taylor mergulhou normalmente como todos os outros competidores, porém, não voltou para superfície, realizando toda a prova imerso na piscina, e o mais impressionante, chegou na frente de todos os outros nadadores, e com sobra. Apesar disso, o nadador foi desclassificado, pois a regra diz que após 15m da largada, os nadadores devem voltar à superfície para realizarem a prova normalmente.

Taylor não levou a medalha de ouro, mas sua performance lhe rendeu repercussão mundial e o título de “homem-golfinho”.

Deixe um comentário

outubro 30, 2013 · 4:39 pm