Arquivo da tag: esporte

Dock jumping, competição boa pra cachorro na piscina


Que os cães precisam se exercitar e fazem isso brincando não é novidade. A novidade agora é uma competição de saltos para cachorros na piscina, o dock jumping. Mas trata-se de uma piscina especial para cães.

dog-665159

A competição ainda não desembarcou por aqui, mas já conquistou os donos de cachorro em vários países da Europa e dos EUA.  Nesse tipo de torneio canino, que acontece em centros de treinamento especiais com a participação de mais de 150 cachorros, os animais são julgados pelo seu desempenho na hora de pular na piscina.  Além de serem avaliados pela distância do salto na água,  eles também são avaliados pela altura do salto que conseguem dar alcançar o brinquedo que fica suspenso em cima da água da piscina (modalidade Extremo Vertical) e pela rapidez na hora de pular na piscina para pegar o objeto lançado pelo tutor (Speed Retriver).

 

Estamos torcendo para que essa competição chegue logo ao Brasil.

 

Fonte: Portal do NY Times e do jornal Publico

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, esporte aquático, piscina

Medina representará o Brasil em torneio na piscina de ondas de Kelly Slater


medina-surfranch

Gabriel Medina no Surf Ranch de Kelly Slater/Divulgação WSL

Quem se lembra da fantástica piscina de ondas artificiais do americano Kelly Slater? O Piscina Limpa acompanhou sua inauguração e, desde então, este incrível cenário do mundo esportivo situado na Califórnia tem sido palco para os maiores ícones do surfe mundial mostrarem seu talento. O nome da vez é o orgulho nacional Gabriel Medina.

O brasileiro será uma das atrações de uma competição entre diversos países que acontecerá na famosa piscina de Slater nos dias 5 e 6 de Maio. O torneio nomeado Founders Cup, anunciado pelo site oficial da World Surf League (WSL), contará com representantes dos Estados Unidos, Austrália e nações europeias. Cada equipe será formada por três homens e duas mulheres. O campeão mundial em 2014 Gabriel Medina irá encabeçar o time brazuca na competição. Além de Medina, outras estrelas do surfe mundial também marcarão presença, como Stephanie Gilmore, Johanne Defay e Jordy Smith.

“Liderar o time do Brasil na Founders Cup é uma honra. Temos tanto talento no Brasil, tanto no masculino quanto no feminino, que acho que estaremos em boas condições de ir bem e vencer o evento”, disse Medina em entrevista para o jornal O Globo.

Apesar de ser em uma piscina privada, o público poderá acompanhar seus ídolos de perto. Kelly Slater decidiu abrir o evento, que contará com atrações artísticas e gastronômicas.

Fonte: O Globo.

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, esporte aquático, Exercícios, piscina

Qual é a hora certa para matricular uma criança na natação?


pexels-photo-61136

Qual é a hora certa para matricular uma criança na natação?

 

Os pais frequentemente têm dúvidas a respeito de qual é a idade mínima para que seus filhos possam ingressar na natação. Considerada uma das atividades físicas mais completas, o esporte na piscina é extremamente benéfico para o público infantil, uma vez que exercita desde cedo a capacidade cardiorrespiratória – desenvolvendo, por exemplo, resistência a doenças como asma e bronquite -, fortalece o tônus, melhora a postura e o equilíbrio, aprimora a coordenação e percepção motora, tátil, espacial e de ritmo, e aperfeiçoa a agilidade e a resistência muscular. Tudo isso é feito enquanto a criança também se diverte.

A natação tem como diferencial ser uma atividade que pode ser praticada desde os primeiros meses de vida. Para a (SBP) Sociedade Brasileira de Pediatria, as crianças podem começar a nada a partir dos seis meses, uma vez que o ouvido já está formado o suficiente para evitar a entrada de água. Vale lembrar, no entanto, que os efeitos da natação em crianças menores de três anos não são tão significativos, afirma o pediatra atuante na área de medicina do esporte da SBP, Ricardo do Rêgo Barros, em entrevista à Folha de S. Paulo. Apesar disso, a prática é sempre bem-vinda para exercitar a sociabilidade e recreação dos pequenos.

Para crianças a partir de entre 3 e 4 anos, a natação passa a ser mais eficaz para a saúde. Segundo a pediatra Jalnéia de Souza Ferreira, em entrevista ao portal Divercidades, males como a obesidade, o sedentarismo e o estresse podem acometer os pequenos tanto quanto os adultos. Por ser uma atividade que exige muito do corpo, o ideal é que a prática desde cedo seja feita de maneira recreativa, sem o compromisso com técnicas e aperfeiçoamento. Outro benefício crucial é a construção da confiança estimulada pela atividade, afinal, o bebê precisará de um companheiro dentro da piscina. A proximidade com este supervisor desde cedo o encoraja a explorar o espaço ao seu redor sem medo e o desenvolvendo afetivamente. Além disso, acidentes como quedas, tombos e machucados em geral, comuns em qualquer atividade física em superfície plana, são evitados na natação, o que a torna menos traumática e muito mais tranquila para o praticante. A água morna da piscina faz da atividade um lazer, e não uma obrigação.

Vale lembrar também que cada estabelecimento ou complexo residencial possui seu próprio regulamento de admissão de crianças sem acompanhamento na piscina. O consenso varia a partir dos 3 a 4 anos, porém, é sempre válido consultar o local de uso.

Fonte: Guia do Bebê/Uol, Folha de S. PauloDivercidades.

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, dicas, esporte aquático, Exercícios, piscina

Circuito Mundial de Surf 2018 será em piscina de ondas


Piscinas simuladoras de ondas já não são mais uma novidade no mundo do esporte e do lazer, mas neste caso, a tecnologia desenvolvida no Surf Ranch, Califórnia, pelo atleta onze vezes campeão, Kelly Slater, se destacou por conta das inúmeras inovações, fazendo com que fosse a escolhida para sediar uma das etapas do Circuito Mundial de Surf no ano que vem.

Reproduzindo ondas de todos os tipos, tamanhos, velocidades e direções, a invenção de Slater é especialmente interessante para a prática do esporte por possibilitar o controle de todo o ambiente, evitando problemas causados pela mudança climática, na maré dos oceanos, por exemplo.Em setembro, a primeira etapa do circuito foi realizada na piscina de Slater, permitindo que brasileiros como Gabriel Medina e Filipe Toledo pudessem experimentar a novidade conquistar mais vitórias para o Brasil fora de casa.

Na próxima semana, a WSL deve divulgar o calendário completo do Circuito Mundial de Surfe em 2018.

Veja mais aqui:

Fonte: Terra

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático, piscina, Uncategorized

Surf na piscina


Você já se imaginou numa piscina simulando as condições e dificuldades que um surfista tem ao enfrentar as ondas do mar?

Pois saiba que essa é uma das atrações de parque aquático localizado em Olímpia, no interior de São Paulo. A piscina proporciona aos visitantes a mesma emoção que sente um surfista enfrentando fortes ondas no mar. Por trás da diversão, muita tecnologia: a força das águas é gerada por bombas muito potentes, que movimentam 140 mil litros de água por minuto.

Confira o vídeo:

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Brasil também é o país da natação


O Brasil não é só o país do futebol. Natação, corrida e vôlei são algumas das 17 modalidades esportivas que apareceram espontaneamente na pesquisa “O Brasil que Vive o Esporte”. Realizada pelo Instituto Datafolha a pedido da Olympikus, o levantamento mostra a relação do jovem brasileiro com o esporte.

Entre outros resultados, a natação está em primeiro lugar entre os esportes que o jovem ainda não pratica, mas deseja praticar.

A pesquisa completa você encontra em: http://www.obrasilqueviveoesporte.com.br

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades

Modalidades olímpicas despertam a curiosidade


A proximidade dos Jogos Olímpicos de Londres, que acontecem entre 27 de julho e 12 de agosto, desperta a curiosidade e o interesse de modalidades esportivas pouco comuns. Entre as atividades aquáticas, destacam-se o salto ornamental e o nado sincronizado. Além de diferentes, os esportes trazem benefícios à saúde.

No salto ornamental, as acrobacias aéreas que antecedem o mergulho na piscina exigem muita flexibilidade. O atleta precisa praticar exercícios de alongamento, atividade que previne dores musculares ou na coluna. O esporte consome 470 calorias por hora e exige força nas pernas e no abdômen.

O nado sincronizado desenvolve o sistema cardiorrespiratório, uma vez que é preciso ficar até um minuto e meio submerso movimentando braços e pernas. A cada hora de exercício, a perda chega a 400 calorias e a parte do corpo mais exercitada é o abdômen.

Saiba mais: http://migre.me/9Jf0v

Imagem

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático