Arquivo da tag: Cesar Cielo

Cielo diz que “jeitinho brasileiro” fará jogos olímpicos funcionarem


O maior nome da natação brasileira, Cesar Cielo, vêm se notabilizando também pelo seu tom crítico às principais organizações do esporte brasileiro. Em visita ao Rio de Janeiro, cidade sede dos jogos de 2016, Cielo disse em entrevista ao portal G1, ter ficado assustado com as condições em que as obras de alguns importantes locais da cidade se encontram.

“Acho que assusta a todo mundo, não só a mim. Mas, no final das contas, vamos precisar dar um jeito. Espero que o jeitinho brasileiro funcione bem e que as Olimpíadas sejam um bom evento para o Brasil. (…) Eu fui para o Rio apenas por conta de alguns eventos de patrocinadores. Visualmente, eu posso dar uma opinião. Eu realmente não sei falar mais a fundo, estou como qualquer cidadão brasileiro. Espero que tudo fique pronto a tempo, que sejam Olimpíadas bonitas. Nós vemos muita coisa em construção, não sei quanto tempo demora. Eu, como cidadão, torço para que sejam Olimpíadas bonitas.”

Imagem(Foto: João Gabriel Rodrigues/G1)

Cielo é enfático ao criticar, também, as condições específicas da natação brasileira.

” Eu acho que, para a natação em geral, estamos defasados em termos de piscina. Hoje, temos alguns lugares para treinamentos que são muito bons. Piscinas rápidas, de competição, perdemos o Maria Lenk, quase perdemos o Júlio Delamare. Basicamente, temos apenas uma piscina de competição. Precisamos de mais piscinas espalhadas pelo Brasil, com a tecnologia nova, que já é possível ter. Claro, uma ou outra coisa também pode melhorar, mas é difícil falar. Mas acho que temos muito a melhorar, sim.”

Confira o vídeo da entrevista realizada pelo G1.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Natação só piorou após o ouro olímpico, afirma Cielo


Cesar Cielo, o mais importante nome da natação brasileira, está de volta aos treinos. O nadador entrou em férias após o Mundial de Barcelona, onde conquistou duas medalhas de ouro, nos 50m livre e nos 50m borboleta.

Aproveitando o retorno, Cielo concedeu entrevista ao jornal Folha de São Paulo, onde, abertamente, teceu críticas às estruturas e organização da natação brasileira. O nadador já se posicionou em outras oportunidades, abordando assuntos relacionados a falta de estrutura da natação e outros esportes.

Imagem

(Foto: Eduardo Kanpp/Folhapress – Divulgação)
 

Entre outras críticas, Cielo afirma que “Temos lá seis ouros em Mundiais, mas as arquibancadas do Maria Lenk estão vazias”.

Em tempos, nos quais, os atletas de futebol, finalmente resolveram se posicionar por um calendário melhor, o nadador demonstra o seu apoio, mas alerta: “Fazer só barulho não adianta. Tem que fazer [pressão] de forma política, não tem jeito. E nessa parte o esporte precisa dos ex-atletas em ação. O atleta na ativa é um alvo muito fácil.”

Confira a entrevista completa com Cesar Cielo, no site da Folha de São Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Natação brasileira volta otimista do Mundial de Esportes Aquáticos


Cesar Cielo conquista a medalha de ouro nos 50m borboleta com o tempo de 23s01

Cesar Cielo conquista a medalha de ouro nos 50m borboleta com o tempo de 23s01

Após a disputa do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Barcelona, a seleção brasileira de natação conquista a sexta colocação geral e volta com mais medalhas na bagagem e mais prestígio.

Em entrevista coletiva, o técnico-chefe da equipe do Brasil, Alberto da Silva, comentou os resultados e se defendeu de algumas críticas, admitindo que a equipe brasileira tenha melhor desempenho nas provas mais curtas.

De qualquer forma, a evolução dos resultados nos últimos dois anos foi evidente, ao menos no número de medalhas. No Mundial de Xangai, em 2011, o Brasil conquistou quatro medalhas, todas de ouro. Em Barcelona, a delegação obteve um ouro a menos, mas o total de pódios se elevou a dez. E a perspectiva para o Mundial de Kazan, em 2015, na Rússia, é até melhor, segundo os treinadores.

Saiba mais na reportagem do jornal O Estado de S. Paulo.

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático

Natação: Cielo e Nicholas Santos vão à final nos 50 m borboleta


Cielo depois de vencer aprimeira bateria eliminatória nos 50 m borboleta (Imagem: Reuters)

Cielo depois de vencer a primeira bateria eliminatória nos 50 m borboleta (Reuters)

Com os melhores tempos da prova, Cesar Cielo e Nicholas Santos colocaram a natação brasileira na final dos 50 metros borboleta do Mundial de Esportes Aquáticos, que acontece em Barcelona, na Espanha.

Presente na primeira bateria, Cielo quebrou a melhor marca do ano, que até então pertencia ao australiano Christian Sprenger (26s90), ao cravar 22s85. Na série seguinte, Nicholas Santos foi ainda melhor e baixou o tempo para 22s81. Na final, os dois vão nadar lado a lado, com grandes chances de conquistar o ouro e a prata.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Thiago Pereira vence campeonato francês de natação


Ouro no Aberto da França, Thiago Pereira se prepara para o Mundial de Barcelona (Foto: Satiro Sodré/SSPress)

Ouro no Aberto da França, Thiago Pereira se prepara para o Mundial de Barcelona (Foto: Satiro Sodré/SSPress)

O brasileiro Thiago Pereira conquistou neste domingo a medalha de ouro nos 200m medley no Aberto da França, em Bellerive-sur-Allier. Ele venceu a prova com o tempo de 1m58s92, seguido do húngaro Laszlo Cseh (1m59s23) e do australiano Daniel Tranter (1m59s61).

Quem também subiu ao pódio foi Cesar Cielo. O nadador ganhou a prata nos 50m livre com o tempo de 21s78. Ele foi superado pelo campeão em Londres-2012 da prova, o francês Florent Manadou (21s64), enquanto o australiano James Magnussen ficou em terceiro (21s84).

Os brasileiros agora seguem com suas preparações para o Mundial de Barcelona, que começa no próximo dia 21.

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático

Críticas de um campeão


Depois de conseguir o índice para o mundial de natação, Cesar Cielo critica a estrutura do esporte no Brasil.  Foto: Safiro Sodré/SSPress.

Depois de conseguir o índice para o mundial de natação, Cesar Cielo critica a estrutura do esporte no Brasil.
Foto: Safiro Sodré/SSPress.

Depois de conquistar o índice para o mundial de natação, que acontece em julho em Barcelona, e faturar o ouro nos 50m livre no Troféu Maria Lenk, realizado na última semana no Rio de Janeiro, o nadador Cesar Cielo criticou a estrutura reservada ao esporte no Brasil. Para ele, não há piscinas de alto nível no País. “Como vamos ter a exigência de ter o melhor desempenho na Olimpíada de 2016 se não temos a melhor estrutura?”, disse Cielo, em entrevista ao Diário Lance!

O esportista também lamentou o fato de no Brasil não haver muitas piscinas cobertas e aquecidas em condições ideais para as competições. “O pessoal quer aquecer de costas aqui e não tem bandeirinha, não tem marcação no fundo da piscina, não tem baliza de aquecimento. Nossa condição não é ruim, mas está longe de ser a ideal, como as que os EUA e Austrália oferecem”, disse.

Deixe um comentário

Arquivado em piscina

Porque o Brasil não está no topo da natação mundial?


Fotomongatem: Thiago Pereira e César Cielo/Divulgação

Fotomongatem: Thiago Pereira e César Cielo/Divulgação.

Em texto publicado em seu blog no Portal Exame, o assessor de comunicação corporativa, Vinicius Lordello, elenca 5 motivos que podem explicar porque o Brasil não está no topo da natação mundial. Entre outros fatores, o esporte não se desenvolve no País, segundo ele, por falta de apoio de grandes patrocinadores que não se sentem atraídos pela pouca exposição da modalidade na mídia. Outro motivo, diz Lordello, é que, excetuando os amantes da natação, poucas pessoas sabem dizer quem é o principal nadador do Brasil, embora conheçam ou já tenham ouvido falar de Cesar Cielo e Thiago Pereira. Confira o post completo aqui

Deixe um comentário

Arquivado em piscina