Cielo retoma treinos e pode voltar a competir


De forma bem discreta, o nadador Cesar Cielo, que havia dado um tempo na carreira no ano passado após perder a vaga na Olimpíada, voltou a treinar este ano.  Mas ainda não se sabe quando ele voltará às competições. Segundo a imprensa (Estadão e Veja.com), há duas pistas que indicam que ele se prepara para voltar a competir: uma parceria com uma consultoria científica para tentar nadar mais rápido e a assinatura de contrato com o Clube Pinheiros, formalizada no final da noite desta sexta-feira.

Ao lado de Felipe França, bicampeão mundial de piscina curta, Cielo se dedica quase que diariamente a exercícios na academia e na piscina.

 Para disputar o Mundial de Budapeste, em julho, ele precisará se classificar no Troféu Maria Lenk, em para abril.

 

Fontes: Estadao.com e Veja.com, edição de 4/2/2017

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Phelps: cair na piscina sempre vai fazer parte da minha vida


 

michael

A história da natação poderia ser dividida entre antes e depois de Phelps. Ele subiu ao pódio pela última vez nas Olimpíadas Rio-2016, durante a final do revezamento 4x100m medley Ao deixar a piscina, ele encerrou uma das carreiras mais vitoriosas da natação. Nos Jogos do Rio, ele anunciou que estava se despedindo do esporte e disposto a aproveitar a vida com a mulher Nicole e o filho Boomer. Nos últimos meses, ele teve uma rotina bem diferente da de um atleta profissional. Atualmente, a prioridade são seus negócios pessoais, principalmente a Fundação Michael Phelps e a MP, sua marca de acessórios esportivos. Mas ele sempre encontra tempo para nadar, agora como um hobby.

“Hoje nadar representa uma grande paz para mim, uma forma de escapar e estar sozinho. Como estou aposentado, posso nadar do jeito e quanto eu quiser. Cair na piscina para mim é algo que sempre vai fazer parte da minha vida”, disse Phelps. A natação é também uma forma de manter a forma física.

Fontes: Swin Channel e ativo.com, edição de 31/1/17

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático

Como manter a piscina sempre limpa


piscinaA rotina diária da limpeza inclui três procedimentos

Filtragem da água, por aproximadamente duas horas. A bomba ligada ao filtro estimula a movimentação e faz com que toda água da piscina chegue aos filtros para reter as impurezas;

Análise do teor residual de cloro livre, que deve estar na faixa de 1 a 3 ppm;

Controle do PH: O nível de pH deve ser mantido entre 7,2 e 7,6, diariamente.

Uma vez por semana, a alcalinidade da água deve ser medida, devendo ficar na faixa entre 80 e 120. Se estiver fora desse padrão será necessário corrigir por meio de produtos indicados, conforme orientação do fabricante.

A cada 15 dias, faça a supercloração, ou seja, a dosagem do cloro deve ser três vezes superior à dosagem habitual de manutenção, aproximadamente 10 ppm de cloro livre, de 1 a 4 horas, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Indica-se fazer a supercloração depois do pôr do sol, visto que os raios ultravioletas do sol destroem o cloro ativo.  Atenção: cheiro forte de cloro na piscina,  não é uma indicação de superdosagem do produto.  Na verdade, o odor é proveniente da formação de cloraminas, que são reações geradas pela mistura do cloro com suor e urina. Neste caso, é necessário fazer a supercloração.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Dicas de higiene para usar melhor na piscina


boia

Sem tratamento e higiene adequados, a água da piscina pode transmitir doenças. Veja algumas dicas e informações para que você aproveite de forma saudável e segura a piscina, cuidando bem da água.

Tome uma ducha antes de entrar na piscina. Desta forma, você evita que a oleosidade do corpo grude nas bordas e nos equipamentos de piscina.

Evite usar bronzeadores ou protetores solares à base de óleo: a gordura desses produtos fica na superfície da água e mancha os azulejos das bordas da piscina. Prefira os produtos não gordurosos com indicação “oil free”  ou “contém silicone” na embalagem. Se utilizar produtos gordurosos, tome uma ducha antes de entrar na piscina.

Respeite as boas normas de higiene. Não faça xixi na piscina.

A reação do cloro na água com a amônia liberada pela urina causa odor forte, provocando alteração no pH da água.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Nova Piscina Olímpica da Bahia receberá pessoas com deficiência


A Nova Piscina Olímpica da Bahia, que recebe atletas de alto rendimento, agora receberá também pessoas com deficiência. A ideia foi apresentada esta semana pelo governo estadual.

O complexo aquático, localizado na Avenida Bonocô, receberá na piscina de aquecimento, crianças, jovens e idosos, organizados em diferentes raias, que dão os primeiros movimentos dentro da água em aulas de natação e hidroginástica.

Há possibilidade de ampliar ainda mais os públicos atendidos pelo equipamento com as pessoas com deficiência, a fim de atender demanda apresentada pela população.

O complexo aquático conta com uma equipe multidisciplinar, formada por cinco profissionais de educação física, especializados em natação e hidroginástica, duas enfermeiras e uma assistente social.

A quantidade de vagas e o período de inscrição ainda serão definidos.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Aulas gratuitas no Pacaembu


Piscina olímpica aquecida do complexo esportivo do Pacaembu (Esportividade)

Foto: Esportividade

O Complexo esportivo do Pacaembu, na cidade de São Paulo, irá oferecer aulas gratuitas de natação e outras 14 atividades, tais como alongamento, condicionamento físico, dança de salão, futsal, judô, Pilates, taekwondo, tai chi chuan, tênis, yoga entre outros. Além disso, os interessados poderão utilizar a pista de corrida e caminhada e a piscina olímpica.

As inscrições começaram ontem, dia 17, e  vão até 7 de fevereiro. Para fazer a carteirinha é preciso comparecer ao estádio de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h45, e levar  RG (original e cópia simples), comprovante de residência (original e cópia simples) e uma foto 2×2. Depois, é só se inscrever nas aulas.

Para mais informações, o telefone é (11) 3664-4650.

 

Fonte: Esportividade

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Cloro evita água esverdeada


7179407791_35ab7035f3_z

Foto: Javool

No verão, o uso frequente da piscina requer maior atenção e cuidados com a qualidade da água.  Para evitar que a água fique esverdeada, a supercloração deve ser feita a cada 15 dias pelo menos ou sempre que a água estiver com “cheiro de cloro”, apresentar  colorações estranhas, ausência de brilho e após chuvas intensas. A alteração da cor da água é provocada pela falta de cloro, o que fez com que as algas (seres microscópicos que crescem nas paredes e fundo das piscinas) se desenvolvam em progressão geométrica em questão de horas.  “A felicidade da alga é não ter cloro”, afirma Nilson Maierá, engenheiro químico especialista em segurança de piscinas e autor do livro “Piscinas Litro a Litro”.

A presença de algas deixa a água turva  e as bordas escorregadias. Assim, além de aplicar cloro, que elimina esses microorganismos, é importante também fazer a escovação das bordas, das paredes e do fundo da piscina para que as algas desgrudar as algas da superfície.

Na alta temporada, é importante também filtrar diariamente a água pelo tempo necessário (em geral duas horas) para que ela fique límpida.

 

Para mais informações acesse o manual “Piscina sem Lágrimas”, da Abiclor

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized