Arquivo da categoria: Exercícios

Qual é a hora certa para matricular uma criança na natação?


pexels-photo-61136

Qual é a hora certa para matricular uma criança na natação?

 

Os pais frequentemente têm dúvidas a respeito de qual é a idade mínima para que seus filhos possam ingressar na natação. Considerada uma das atividades físicas mais completas, o esporte na piscina é extremamente benéfico para o público infantil, uma vez que exercita desde cedo a capacidade cardiorrespiratória – desenvolvendo, por exemplo, resistência a doenças como asma e bronquite -, fortalece o tônus, melhora a postura e o equilíbrio, aprimora a coordenação e percepção motora, tátil, espacial e de ritmo, e aperfeiçoa a agilidade e a resistência muscular. Tudo isso é feito enquanto a criança também se diverte.

A natação tem como diferencial ser uma atividade que pode ser praticada desde os primeiros meses de vida. Para a (SBP) Sociedade Brasileira de Pediatria, as crianças podem começar a nada a partir dos seis meses, uma vez que o ouvido já está formado o suficiente para evitar a entrada de água. Vale lembrar, no entanto, que os efeitos da natação em crianças menores de três anos não são tão significativos, afirma o pediatra atuante na área de medicina do esporte da SBP, Ricardo do Rêgo Barros, em entrevista à Folha de S. Paulo. Apesar disso, a prática é sempre bem-vinda para exercitar a sociabilidade e recreação dos pequenos.

Para crianças a partir de entre 3 e 4 anos, a natação passa a ser mais eficaz para a saúde. Segundo a pediatra Jalnéia de Souza Ferreira, em entrevista ao portal Divercidades, males como a obesidade, o sedentarismo e o estresse podem acometer os pequenos tanto quanto os adultos. Por ser uma atividade que exige muito do corpo, o ideal é que a prática desde cedo seja feita de maneira recreativa, sem o compromisso com técnicas e aperfeiçoamento. Outro benefício crucial é a construção da confiança estimulada pela atividade, afinal, o bebê precisará de um companheiro dentro da piscina. A proximidade com este supervisor desde cedo o encoraja a explorar o espaço ao seu redor sem medo e o desenvolvendo afetivamente. Além disso, acidentes como quedas, tombos e machucados em geral, comuns em qualquer atividade física em superfície plana, são evitados na natação, o que a torna menos traumática e muito mais tranquila para o praticante. A água morna da piscina faz da atividade um lazer, e não uma obrigação.

Vale lembrar também que cada estabelecimento ou complexo residencial possui seu próprio regulamento de admissão de crianças sem acompanhamento na piscina. O consenso varia a partir dos 3 a 4 anos, porém, é sempre válido consultar o local de uso.

Fonte: Guia do Bebê/Uol, Folha de S. PauloDivercidades.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, dicas, esporte aquático, Exercícios, piscina

Natação é um ótimo exercício para perder peso


O carnaval está chegando e todos estão atrás do famoso “corpo de verão”. A natação é um ótimo jeito de aliar hábitos esportivos à sua rotina com a diversão que só um mergulho refrescante pode oferecer. A dica do Piscina Limpa de hoje são alguns exercícios que podem ser feitos em alguns minutos dentro da piscina e que podem ser a solução para emagrecer de forma rápida e prazerosa. Confira:

  • 4 séries de 4 min de crawl em alta intensidade + descanso de 3 min com outro nado em ritmo lento: prática comum e, por isso, muito efetiva. É uma das mais aplicadas para quem está começando na natação e quer condicionar o seu corpo de maneira gradativa.
  • 5 séries de 3 min de crawl em alta intensidade + descanso de 4 min com o palmar: atividade similar a anterior, porém com um foco maior na resistência muscular do praticante devido à quantidade maior de água que será deslocada com a palma da mão. Ela compensa o esforço extra com um minuto a mais de descanso, equilibrando de maneira alternada o fôlego do praticante.
  • 4 séries de 8 min de crawl em média intensidade com intervalo de 30 segundos em cada série: atividade que exige mais resistência do que força, contanto que praticada com velocidade cautelosa, mantendo regularidade de acordo com o fôlego do nadador. Este é um ótimo exercício para quem procura dominar novos níveis no esporte.
  • 4 séries de 4 min de crawl em alta intensidade +  10 burpees fora d’água + 4 min de nado em ritmo lento: um pouco mais intenso do que os demais, é uma série muito interessante para quem já domina os exercícios anteriores e deseja aprimorar o condicionamento físico. Veja como funcionam os burpees:

Atenção: muitas pessoas, ao começar qualquer exercício físico, se empolgam e submetem o corpo a atividades excessivas para seu condicionamento físico, o que pode causar sérias lesões. Portanto, não deixe de consultar um profissional para achar a série de exercícios mais adequada para você.

Fonte: Ativo.

Deixe um comentário

Arquivado em dicas, esporte aquático, Exercícios, piscina

Em vídeo na piscina, Ivete Sangalo dá exemplo de saúde durante gestação


ivete-sangalo-1516219436360_v2_900x506

Reprodução / Instagram

Além de ser uma ótima atividade de lazer e descanso, nadar e fazer atividades na piscina também podem representar muita saúde. A diva brasileira Ivete Sangalo não nos deixa mentir. Grávida de gêmeos e já no estágio final de sua gestação, a cantora divulgou em suas redes sociais na última terça-feira um vídeo nadando. Ela disse ter nadado 1000 metros. Veja o vídeo compartilhado pela cantora:

Veja o vídeo compartilhado pela cantora:

Que tal se inspirar em Ivete e conhecer um pouco mais sobre o benefícios da natação para as futuras mamães. Veja só:

  • Durante a gestação, a flexibilidade do corpo é alterada. Porém, dentro d’água, temos um sensação de leveza que ajuda no relaxamento do corpo e na manutenção do peso da gestante na gravidez. E mais: é uma atividade com riscos de lesões muito menores em relação às outras práticas físicas, o que não compromete assim o bem estar tanto da mãe quanto de seu bebê.
  • Na gravidez, todos sabem que os hormônios vêm à tona mais do que nunca, não é mesmo? Com a natação, a tensão nervosa é significativamente reduzida, assim como o estresse do momento, permitindo que a gestante tenha maior controle sobre suas emoções neste período tão delicado.
  • A natação relaxa o corpo de maneira que o peso da gestante seja redistribuído e suas articulações, liberadas com maior facilidade; além disso, a atividade também melhora o sistema cardiovascular da mulher, assim como diminui seus edemas circulatórios.
  • Condiciona fisicamente o corpo da gestante a ser mais resistente e flexível, fornecendo elasticidade ao solo pélvico, porém sem o submeter à exaustão e sem comprometer a saúde do bebê.
  • Dores lombares, na coluna, câimbras, inchaço e má circulação são comprovadamente reduzidos com a prática frequente da natação durante a gravidez.

Atenção: antes de começar a praticar natação durante a gravidez, consulte um médico de confiança.

Fonte: Instagram oficial de Ivete Sangalo e site Sou Mamãe.

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático, Exercícios, piscina

Aliando saúde e diversão: o que a hidroterapia pode fazer por você


hidrobike

Além da sua função principal de proporcionar lazer, podemos também utilizar de nossos mergulhos na piscina como verdadeiras terapias para os mais diversos males, tanto do corpo quanto da mente. Confira:

A fisioterapia aquática, por exemplo, já foi comprovadamente capaz de relaxar a musculatura tensa e aliviar dores intensas decorrentes de doenças como artrite, artrose, reumatismo, fibromialgia, dentre muitas outras. Basta um diagnóstico correto para que os exercícios apropriados sejam designados para cada paciente. Vale experimentar a combinação da leveza da água contra inúmeras enfermidades do corpo humano.

Desde os primórdios da civilização, a hidroterapia é reconhecida como uma grande aliada para fins medicinais. Os romanos, por exemplo, descobriram os benefícios na imersão tanto na água fria quanto na quente – as famosas águas termais – , uma vez que cada temperatura mostrava-se capaz de tratar determinada doença.  O RPG (Reeducação Postural Global), por sua vez, apresenta sucesso ao ser feito em uma piscina por conta da sensação de fluidez e tranquilidade proporcionada pelo ambiente, permitindo a manipulação da postura do indivíduo com muito mais facilidade e menor rigidez muscular.

Isso sem citar os inúmeros benefícios psíquicos e neurológicos de um bom banho de piscina. Males como depressão, autismo, doenças degenerativas do sistema nervoso, Alzheimer, Parkinson, sequelas de AVC e diversas outras deficiências mentais podem ser tratados regularmente com a hidroterapia ocupacional. Até mesmo problemas respiratórios como sinusite, asma e bronquite podem apresentar uma considerável melhora após a prática de atividades como a natação ou a hidroginástica, por exemplo.

Fonte: Zero Hora.

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, Exercícios, piscina

Conheça a Nemo 33, a segunda piscina mais profunda do mundo


A cidade de Bruxelas, na Bélgica, possui um local inusitado e deslumbrante para os amantes do mergulho. A piscina Nemo 33 contém 34,5 m de profundidade distribuídos em níveis submersos e cavernas subaquáticas para exploração do mergulhador.

Localizada dentro de uma academia a 7 km do centro da cidade, a Nemo 33 também conta com um restaurante próprio, o que acaba sendo um ponto de encontro para quem preferir usar suas horas fora do expediente para um tipo de diversão diferente. Mantida sempre a uma temperatura média de 30ºC, a Nemo 33 abre suas portas todos os dias. Ela oferece aos visitantes todo o equipamento necessário para o mergulho, além de instrutores – tudo por uma taxa média de 25 euros. O único item não incluso é o computador de mergulho, o qual sai por 3 euros e é obrigatório para a execução da atividade.

Turistas e mochileiros do mundo todo não perdem a oportunidade de visitá-la sempre que estão de passagem pelo país europeu. Que tal incluir o passeio em seu roteiro também?

Veja mais: 

Fonte: Brasil Mergulho.

Deixe um comentário

Arquivado em curiosidades, esporte aquático, Exercícios, piscina

Conheça os benefícios de se praticar yoga na água


A combinação entre água e yoga está se tornando um sucesso entre os praticantes de exercícios físicos. Até mesmo celebridades como Lady Gaga já adotaram o estilo, que está sendo chamado de “acqua yoga”. A modalidade é perfeita para quem quer sair do sedentarismo e entrar em forma com exercícios de baixo impacto e desconforto. Por ser praticado na água, ele também evita lesões nas juntas e articulações. O esporte pode ainda ajudar a melhorar a postura.

Destaque-matéria29

O acqua yoga pode ser praticado de três maneiras diferentes: sem equipamento, com os famosos “espaguetes” de piscina ou com uma prancha de stand up. Praticar sem o auxílio de equipamentos é a forma mais “fácil” e básica de se acostumar com o esporte, o que não significa que não é necessário esforço para se alcançar resultados. As técnicas desse modo de se praticar o acqua yog lembram muito o movimento da hidroginástica e permitem um melhor relaxamento do corpo. Usar a boia “espaguete” pode ajudar você a se sentir mais confortável na água, enquanto aprende os movimentos do yoga.

A forma mais difícil de se praticar o esporte é com a prancha de stand up, mas esse equipamento ajuda a alinhar a postura e a queimar mais calorias. Como a prancha se mexe conforme a pessoa em cima se movimenta para realizar as posições, é necessário um foco maior para não cair na água. Mas, caso caia, o importante é subir na prancha e tentar novamente.

Fonte: ESPN

Deixe um comentário

Arquivado em esporte aquático, Exercícios

Conheça o Acqua Yoga


Além de hidroginástica, outra modalidade de exercício que vem ganhando adeptos no Brasil é o Acqua Yoga, que adapta os movimentos do ioga tradicional para a sua prática na água.

No vídeo do site Bolsa de Mulher, a professora de ioga Jannyna Vieira conta um pouco mais sobre o exercício e seus benefícios para a saúde. Confira:

 

Deixe um comentário

Arquivado em Exercícios, piscina