Como remover folhas, insetos e outras sujeiras da água

Agora que o inverno ficou para trás, chegou a hora de deixar a piscina limpinha e pronta para ser usada nos dias mais quentes do ano.  Além dos tratamentos químicos, é importante remover as impurezas suspensas na água ou depositadas nas superfícies internas da piscina, como folhas, insetos e outras sujeiras, que podem prejudicar a eficácia da cloração e a limpidez da água.  Confira os equipamentos usados para limpeza:

Filtro: o elemento filtrante mais usado é areia de granulação específica, que retém a sujeira em suspensão o que faz com que a água volte límpida para a piscina. Controlado por uma válvula seletora, realiza basicamente as funções de filtração, aspiração, recirculação, drenagem e retrolavagem. Consulte o manual de operação do equipamento para realizar essas operações corretamente.

Folha em piscina.

Bomba:  ligada ao filtro, sua função é de movimentar a água pelo sistema de circulação da piscina. O tempo de filtração geralmente é indicado pelo fabricante, dependendo do modelo e volume de água a filtrar.

Skimmer (coadeira automática):  instalado ao nível da água, tem como função captar sujeiras que flutuam na superfície.

Pré-filtro: a bomba e o skimmer dispõem de cesto pré-filtro para reter sujeiras maiores e evitam que atinjam a bomba. Devem ser limpos periodicamente para evitar que a bomba perca eficiência de sucção.

Aspirador: conectado ao skimmer (ou à tomada de aspiração) através de mangueira flexível, o aspirador – convencional ou automático – remove a sujeira depositada nas paredes e fundo da piscina.

Peneiras:  usadas para remover folhas e outros detritos maiores em suspensão ou depositados no fundo da piscina.

Escovão:  varre a poeira depositada nas paredes ou fundo da piscina para próximo do ralo de fundo, economizando trabalho de aspiração.

Para melhores resultados, verifique sempre as instruções e recomendações dos fabricantes dos equipamentos.

Fonte: Manual Piscina sem Lágrimas