A (curiosa) rotina dos atletas de saltos ornamentais

Sobe escada, vai até o trampolim, salta na piscina, se enxuga, sobe escada, vai até a plataforma, salta na piscina… A rotina de um atleta de saltos ornamentais é essa durante os treinamentos e competições. A repetição é fundamental para alcançar a glória. Mas porque se enxugar para se molhar novamente?

Saltadores e toalha: parceiros inseparáveis

É importante secar a água do corpo para evitar que entre água  no olho durante o movimento, além disso evita o risco do atleta escorregar, explicam os brasileiros César Castro e Ian Matos. Não é preciso ficar 100% seco, mas sim tirar o excesso.  “Antigamente os atletas usavam a toalha para se orientar durante o movimento; jogavam a toalha na água e durante o salto conseguiam se posicionar através disso. Hoje, é proibido jogar a toalha na água, por isso jogamos fora da piscina”, explica Cesar.

César Castro e Ian Matos se preparam para competir as Olimpíadas Rio 2016.

Veja mais aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s