Críticas de um campeão

Depois de conseguir o índice para o mundial de natação, Cesar Cielo critica a estrutura do esporte no Brasil.  Foto: Safiro Sodré/SSPress.

Depois de conseguir o índice para o mundial de natação, Cesar Cielo critica a estrutura do esporte no Brasil.
Foto: Safiro Sodré/SSPress.

Depois de conquistar o índice para o mundial de natação, que acontece em julho em Barcelona, e faturar o ouro nos 50m livre no Troféu Maria Lenk, realizado na última semana no Rio de Janeiro, o nadador Cesar Cielo criticou a estrutura reservada ao esporte no Brasil. Para ele, não há piscinas de alto nível no País. “Como vamos ter a exigência de ter o melhor desempenho na Olimpíada de 2016 se não temos a melhor estrutura?”, disse Cielo, em entrevista ao Diário Lance!

O esportista também lamentou o fato de no Brasil não haver muitas piscinas cobertas e aquecidas em condições ideais para as competições. “O pessoal quer aquecer de costas aqui e não tem bandeirinha, não tem marcação no fundo da piscina, não tem baliza de aquecimento. Nossa condição não é ruim, mas está longe de ser a ideal, como as que os EUA e Austrália oferecem”, disse.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em piscina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s