Religião na piscina

Nesta segunda feira (26), o Tribunal Federal da Suíça estipulou uma multa de 1,15 mil euros para um casal de muçulmanos residente na Basiléia que não permitiu que suas duas filhas frequentassem o curso obrigatório de natação em uma escola primária (http://migre.me/8qKhF). O casal alegou que desejava educar suas filhas conforme os preceitos do Alcorão. Segundo eles, os cursos mistos de natação são incompatíveis com o sentido do pudor que pretendem passar para as crianças. Os juízes, porém, basearam-se na modificação legal feita há três anos em que foi estabelecido que a participação de crianças em cursos mistos de natação não atentava contra a liberdade religiosa muçulmana, além de haver grande interesse público para que todas as crianças frequentem cursos de natação, pois a prática inibe uma série de problemas respiratórios.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s