O Brasil também está em Cannes

Cena do curta 'Der brief' (Foto: Divulgação)

 Em 20 de maio, os organizadores do Festival de Cinema de Cannes anunciaram os vencedores do prêmio Cinéfondation, criado especialmente para curtas-metragens desenvolvidos por estudantes ao redor do mundo.

Na edição deste ano, a diretora alemã Doroteya Droumeva conquistou o primeiro lugar com o curta “Der brief”, que conta a história de Maja, uma menina que descobre que está grávida e escreve uma carta misteriosa. O segundo lugar ficou com o francês Kamal Lazraq, com o curta intitulado “Drari” e o terceiro lugar foi preenchido pelo filme “Ya-gan-bi-hnag, do sul-coreano Son Tae-gyum. O Brasil também marcou presença no evento com o curta de Alice Furtado (Duelo antes da noite).

O prêmio foi criado em 1998 e quem participa tem mais chances de se tornar um cineasta em Cannes. Vencedores de outros anos já tiveram a oportunidade de ingressar em longas que disputaram pela Palma de Ouro e o prêmio Un Certain Regard.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s