Piscina falsa cria efeito de mergulhadores dentro da água

Você acha que é possível entrar em uma piscina, com roupa e não se molhar? Para o artista argentino Leandon Erlich a resposta é sim. Ele foi o criador da Swimming Pool para o 21st Century Museum of Contemporary Art em Kanazawa, no Japão. A obra dá aos observadores externos a impressão de que as pessoas que estão embaixo estejam debaixo da água.

Para conseguir esse efeito, o artista utilizou duas placas de acrílico com cerca de 30 cm de água entre elas, e mais alguns centímetros de água por cima da placa superior, para dar a impressão de ser uma piscina de verdade. O efeito refratário da água faz com que as pessoas dentro da “piscina” fiquem distorcidas, como se estivessem realmente mergulhadas.

Nascido em Buenos Aires, na Argentina, Erlich começou a estudar escultura quando tinha 20 anos e poucos anos depois mudou-se para Nova York. Desde 1997, participa de várias exposições artísticas e bienais em países como Cuba, Japão, Turquia, França e até mesmo no Brasil. Atualmente, divide mora e trabalha por temporadas tanto em Buenos Aires quanto em Paris, na França.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em campanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s