Piscina sem dengue!

A utilização do cloro ajuda a manter a piscina livre das larvas do mosquito da dengue. De acordo com pesquisas realizadas pela ESALQ / USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (USP), as larvas do Aedes aegypt não se desenvolvem na presença do cloro.

 Os testes, solicitados pela Associação Brasileira da Indústria de Álcalis, Cloro e Derivados – Abiclor, consistiram na diluição do hipoclorito de sódio (concentrações 0,10%; 0,15% e 0,20%) em água de torneira ajustada ao mesmo pH da água de piscina. Foram realizadas três diluições em baldes de cinco litros de água com quatro tratamentos e quatro repetições (cada balde contendo 10 larvas), durante um período de treze dias em condição ambiente, em que havia incidência direta de luz. Os resultados indicaram que, a partir do sétimo dia em que o produto estava em contato com as larvas, houve um aumento significativo no percentual de mortalidade. Foi observado também que, após o 12º dia do experimento, praticamente todos os mosquitos da amostra não tratada com cloro haviam atingido a fase pupal (imediatamente anterior à fase adulta) enquanto nas demais amostras que receberam o produto, as larvas que ainda estavam vivas não chegaram a se desenvolver.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em campanha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s